Fort Lauderdale Abandonada Pela Emirates Após 4 anos

Anúncios:

A Emirates está deixando para trás sua primeira rota americana esta semana, com Fort Lauderdale deixando o programa de vez. A notícia chega quando a Emirates começa a redimensionar seu extenso mapa d’itinerários, mesmo quando planeja retomar outras rotas nos proximos mes. Como se torna claro que as viagens aéreas levarão pelo menos alguns anos para se recuperar, as companhias aéreas estão fazendo novos planos a longo prazo.

Emirates, Airbus A380
A Emirates trouxe o A380 de volta ao serviço à medida que ela retoma lentamente as rotas. Foto: Emirates

Primeira seção de rota americana suprimida

A decisão de cortar Fort Lauderdale marca o primeiro cancelamento da rota da Emirates. Anteriormente, a Emirates servia 12 grandes aeroportos dos EUA em todo o país, mas agora está procurando reduzir ligeiramente sua presença no país. A companhia aérea ainda atende Orlando na Flórida, permitindo conexões curtas com Ft. Lauderdale.

Mantenha-se informado: Inscreva-se em nosso boletim diário de notícias de aviação.

Anúncios:

O serviço para Ft. Lauderdale era relativamente jovem, com vôos somente a partir de dezembro de 2016. A companhia aérea foi a primeira companhia aérea do Oriente Médio a iniciar vôos para a cidade, pois via uma forte demanda da região. Entretanto, com a pandemia afetando a demanda, as rotas de lazer estão no bloco de corte.

Emirates, Airbus A380
A Emirates serviu anteriormente 12 aeroportos dos EUA, mas agora está reduzindo sua presença. Photo: Emirates

A decisão de remover a destinação poderia sinalizar que a Emirates está menos em alta no mercado dos EUA. Isto poderia significar um abrandamento de seus planos de suposições de vôo. A demanda foi gravemente atingida devido às restrições de viagem ainda em vigor, muitas das quais visam explicitamente os EUA.

Mais cortes de rotas

A Emirates fez uma série de mudanças em seu cronograma nas últimas semanas. Os vôos para Adelaide, Rio de Janeiro, Santiago e Buenos Aires (ambas cinco rotas livres), também foram cancelados, informou a Routesonline. Isto significa que agora a Emirates serve apenas um único destino sul-americano: São Paulo.

Anúncios:
Emirates Boeing 777-300ER
A Emirates eliminou todas as rotas para a América Latina, exceto uma. Foto: Getty Images

Tanto os Estados Unidos quanto a América Latina têm visto altas taxas de infecções por COVID-19, resultando em restrições de viagem para passageiros da região. A alta contagem de casos e a menor demanda provavelmente levaram a Emirates a cancelar essas rotas, uma vez que cortam rotas menos lucrativas. A decisão de cortar os vôos para Adelaide provavelmente é a mesma que a proibição da Austrália de viagens internacionais não essenciais continua em vigor.

A recuperação continua

Mesmo que a Emirates esteja redimensionando seu mapa de rotas, a transportadora continua a retomar os serviços. Em agosto, a companhia aérea retomará os vôos para 70 rotas em todo o mundo, enquanto continua o meticuloso processo de reconstrução de sua rede. A companhia aérea não só está retomando rapidamente as rotas, mas também trazendo o superjumbo A380 de volta ao serviço.

Os A380 estão atualmente disponíveis em cinco rotas de alta demanda, Londres (duas vezes ao dia), Amsterdã, Paris, Cairo e Guangzhou. A confiança para trazer o A380 de volta significa que as viagens estão acelerando mais uma vez após meses de crise.

Anúncios:
Emirates aircraft stored
Os A380 da Emirates estão de volta ao céu, servindo em determinadas rotas de alta demanda. Foto: Emirates

A decisão de cortar rotas é um passo doloroso, mas importante para a Emirates. Embora a demanda esteja aumentando ligeiramente, passarão anos até que vejamos novamente os níveis de 2019, o que significa que a Emirates tem que se preparar para o futuro. A Emirates poderia cancelar mais rotas à medida que tenta sobreviver a esta crise atual.

O que você acha sobre os cancelamentos de rotas pela Emirates? Informe-nos nos comentários abaixo.

Anúncios:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Você também pode gostar de