Relembre-Me: O Que Está Acontecendo Com A Venda Da Air India?

Anúncios:

Antes de 2020 acontecer, a venda da Air India foi um evento altamente esperado na indústria da aviação. A companhia aérea de bandeira da Índia estava pronta para uma venda completa, juntamente com suas subsidiárias, após anos de turbulência. Embora a crise deste ano tenha desacelerado os planos originais para a venda no verão, o governo ainda está interessado em privatizar a companhia aérea. Com o prazo de 31 de agosto, a venda está aquecendo, e parece haver um licitante líder.

Air India
A venda da Air India poderá ser concluída em breve, com um conjunto final de dados. Foto: Boeing

Data final definida

Recentemente o Ministro da Aviação Civil da Índia, Hardeep Singh Puri, disse à ET que a data de 31 de agosto não será prorrogada. Até agora, o governo vinha estendendo rotineiramente a data da licitação desde April, vendo o impacto que a crise está tendo na economia global. Entretanto, isto não mudou o plano original do governo de vender a companhia aérea.

Air India Narrowbody
O governo teve que atrasar a venda da Air India devido à crise atual. Foto: Getty Images

Nas últimas semanas, o governo se moveu para impulsionar a venda para o porta-bandeira sitiado. Agora, 100% da companhia aérea pode ser comprada inteiramente por uma entidade estrangeira, revertendo as regras anteriores. Isto significa, hipoteticamente, que uma companhia aérea estrangeira poderia comprar a Air India e fundir operações. Embora o principal proponente da Air India não seja novato na aviação indiana.

Anúncios:

Surge o maior licitante

De acordo com fontes, pode haver apenas um proponente para a Air India: o Grupo Tata. O Grupo Tata é um grande conglomerado industrial sediado em Mumbai, que tem uma longa história com a aviação indiana, incluindo como fundadores da Air India. Atualmente, o Grupo Tata possui 51% da Vistara e da AirAsia India.

Tata jet
Tata foi o fundador da Air India e atualmente possui a maioria da Vistara e da AirAsia India. Foto: The Tata Group

O Grupo Tata já demonstrou anteriormente interesse na Air India através da Vistara, apontando para a posição principal da transportadora no mercado internacional. O grupo também tentou anteriormente adquirir a companhia aérea, mas não teve sucesso. No entanto, com apenas um proponente e o tempo se esgotando, a Tata pode apenas emergir com sucesso desta vez.

O Grupo Tata irá licitar sozinho a companhia aérea de bandeira, com a Singapore Airlines optando por não fazê-lo, aumentando seu portfólio de companhias aéreas para três companhias aéreas. No entanto, com menos de um mês pela frente, ainda é possível que os planos de mudança e novos concorrentes surjam. Linhas aéreas e companhias ao redor do mundo já demonstraram interesse na Air India, e embora a crise atual tenha tornado a aviação menos lucrativa, a Air India ainda continua a ser atraente.

Anúncios:

Uma nova transportadora líder

Uma compra da Air India pelo Grupo Tata poderia dar origem a uma nova era na aviação indiana. É possível que a Tata fundisse a Air India com a Vistara, já que ambas objetivam oferecer vôos internacionais, depois de fazer mudanças estruturais na companhia aérea. Entretanto, ainda é um pouco cedo para começar a pensar na nova figurino para a companhia aérea.

Vistara 787 Dreamliner
Uma fusão entre a Air India e Vistara poderia estar no cartão. Foto: Vistara

Com o governo não procurando financiar mais a Air India, uma venda rápida para o Grupo Tata poderia ser ideal. Entretanto, muita coisa pode mudar entre agora e as próximas semanas, e nós estaremos certos de mantê-lo atualizado sobre tudo!

O que você acha de uma aquisição da Air India pela Tata? Informe-nos nos comentários abaixo!

Anúncios:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Você também pode gostar de