Tata Se Aproxima Da Data Limite Para Aquisição Da Air India

Anúncios:

O Grupo Tata está se aproximando em sua licitação para adquirir a Air India. Na semana passada, o grupo anunciou oficialmente suas intenções de licitar pela companhia aérea, a primeira vez que o fez publicamente. A Tata está atualmente realizando a devida diligência ao se preparar para licitar antes do prazo de 31 de agosto. Se for bem sucedida, a Tata poderá ter controle total da Air India já em janeiro do próximo ano.

Tata jet
O Grupo Tata poderia ter o controle da Air India já em janeiro de 2021. Foto: Tata Group

Licitante único

Uma razão pela qual o Grupo Tata parece bem posicionado para assumir o controle da Air India é o fato de que ele poderia muito bem ser o único licitante elegível. Há apenas um ano, numerosas companhias aéreas e empresas estavam procurando investir na Air India e renovar a companhia aérea sitiada. Entretanto, a atual retração forçou as empresas aéreas a lutar pela sobrevivência e outras a preservar o capital.

Isto deixou poucos, ou apenas um, licitante disposto a gastar bilhões em uma companhia aérea. O Grupo Tata tem uma longa história na aviação, inclusive como os fundadores da Air India. O conglomerado ainda está disposto a investir na companhia aérea, esperando capitalizar no rápido crescimento do mercado indiano.

Anúncios:
787 Air India
O Grupo Tata é um forte licitante da Air India, já que outros se abstêm de grandes investimentos neste momento imprevisível. Foto: Boeing

A Tata já tem uma participação impressionante na indústria da aviação, como proprietária majoritária tanto da AirAsia Índia quanto da Vistara. Enquanto a primeira tem enfrentado dificuldades desde seu início, Vistara está a caminho de se tornar a mais nova transportadora de longo curso da Índia. A aquisição da Air India se somaria ao portfólio da Tata, tornando-os proprietários de ambas as transportadoras indianas de longo curso.

Como será uma Tata-Air Índia?

Há muito a ser consertado na Air India, com a transportadora lutando para pagar pela manutenção e seu pessoal agora mesmo. A Tata terá que fazer um balanço da situação e rapidamente fazer mudanças generalizadas na estrutura da Air India, o que poderia incluir a redução da força de trabalho e o corte de alguns destinos. Isto não será fácil, mas é fundamental para fazer da companhia aérea um sucesso mais uma vez.

Air India Narrowbody
Se o acordo for aprovado, a Tata terá que fazer mudanças importantes na Air India. Foto: Getty Images

Uma vez que estas mudanças sejam feitas, a Tata poderia re-marcar a Air India, dando-lhe uma nova pintura e reequipando cabines com um produto mais novo, talvez parecido com os aeronaves de fuselagem larga da Vistara. Um facelift e um serviço melhorado poderiam ajudar com a má publicidade que envolveu a companhia aérea na última década. Felizmente, a história de hospitalidade da Tata (como proprietária dos Hotéis Taj) poderia ajudar a melhorar o serviço na Air India.

Anúncios:

Quais companhias aéreas da Tata irão sobreviver?

Como mencionado anteriormente, a Tata é proprietária de duas outras companhias aéreas: AirAsia Índia e Vistara. Com a adição da Air India, a Tata pode estar interessada em consolidar seus investimentos. Isto poderia resultar em uma companhia aérea internacional de longo curso e uma companhia aérea de médio curso. Entretanto, é muito cedo para dizer como poderia ser a estrutura.

Vistara A321neo
A Tata poderia fundir a Air India e Vistara? Foto: Vistara

Uma fusão da Air India e da Vistara também poderia estar no cartão, tornando uma única grande companhia aérea internacional na Índia. Ambas as companhias aéreas operam o 787, facilitando a integração da frota. Por enquanto, ainda faltam duas semanas para as licitações da Air India, e saberemos o destino da companhia aérea.

O que você acha de uma aquisição da Air India pela Tata? Informe-nos nos comentários!

Anúncios:
Anúncios:
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Você também pode gostar de